fbpx

Política

Notícias

Vereador Luiz Paulo fala do primeiro ano de sua legislatura na Câmara Municipal e mostra trabalho

Vereador Luiz Paulo usa o plenário da Câmara na sessão do dia (13) para falar das conquista da legislatura de seu primeiro ano na Câmara Municipal, e enfatiza uma das principais conquistas, a LEI DE ISENÇÃO DE IPTU para pessoas ou dependentes com câncer ou doenças raras, a LEI DE PROMOÇÃO A DIGNIDADE MENSTRUAL que obriga o poder público a distribuir absorventes a jovens e mulheres em caráter de vulnerabilidade e a lei BANCO DE MEDICAMENTOS que permite doação de remédios de pessoas físicas e jurídicas.

Já na área de educação o vereador comente que infelizmente a mais importante conquista foi vetado pelo executivo, a Lei que instituía a CAMPANHA DE CHECK-UP ESCOLA onde um profissional de oftalmo, dentista, psicólogo e pediatra poderia estar a disposição nas escolas.

O nobre vereador ainda fala da Lei que prévia a regularização da Zona Azul que segundo o vereador “a mesma foi plagiada pelo prefeito” que teve 10 meses para resolver a zona que a Zona Azul virou uma fábrica de multas. Nas palavras do vereador.

Parte dos vereador brigaram junto com o vereador Luiz e votaram contra alguma situações que veementemente eram arbitrária ao pensamento que vinha de encontro com a maioria, votaram contra o aumento da alíquota do funcionalismo que os mesmo passa pelo congelamento da Lei 173/20, a forma que o dissídio foi enviado a Câmara e retirado pelo executivo que segundo o vereador era com a ideia de vender um sonho de um reajuste aos funcionários de algo próximo a 9%.
Encabeçou também com a luta contra a polêmica taxa de lixo que era explícito o quão a população seria prejudicada com isso, muito porque havia a promessa do executivo da municipalização do serviço de coleta.

Fiscalizou as unidades de saúde e P.A chegou ao ponto do vereador ter que mandar água para uma unidade, visitou as escolas e creches, fiscalizou a merenda das crianças, comeu a comida que era servido às crianças.
Trouxe campanhas para cidade como o mutirão de castração e agora no início do ano mutirão da saúde onde estará fazendo Ultrassonografias e não gastou 1 centavo de dinheiro público.
Foi atrás de emendas, onde uma das ruas do Alvorada será asfaltada.

Usou as emendas impositivas, algo que era Lei mas não era aplicada a LOA do município onde direcionado quase 40 mil reais para a ESF Yoneda/Vista Alegre, mais 30 mil para reforma da Quadra de areia da Vila e mais 7,8 mil para APAE.

Para seu reduto eleitoral foi pedido absolutamente tudo, iluminação na Campos Sales assim como outras ruas do bairro tanto do Vista Alegre quanto Yoneda, na Vila Santo Antônio e Vista Linda foi pedido de tudo desde a troca dos postes de madeira, iluminação, lombadas, poda de árvore, tapa buraco, canaleta para escoamento da água, limpeza das bocas de lobos onde Luiz Pualo junto aos moradores tivemos que desentupir porque fazia 6 meses que os moradores sofriam com isso.
Junto a vereadora Luciléia Damasceno pediram o desassoreamento do córrego Itaim.

Ligaram mensalmente na Secretaria de Habitação para saber das matrículas da cidade legal para a documentação da casa de todos desses bairros.

E o vereador finaliza comentando:

Resumindo não há solicitação que não tenha chegado ao gabinete do prefeito se não foi feito é porque não havia o interesse da administração.
Eu acredito que em 1 ano de mandato em relação aos bairros Jardim Yoneda, Vista Alegre, Vila Santo Antônio e Vista Linda apenas a roçada do corrego nas proximidades da Jair Leme mas lembrando que o mesmo de quase 1 km de extensão mas é roçado só onde é interessante para a administração, pintura da guia da Jair Leme e o gradil da ponte é pouco para um ano de mandato.
Mas em 2022 quando o prefeito bater aí na porta pedindo voto lembre desse 2021…

Patrocínio
banner image