fbpx

IMPRESSOS

Brasil

Política

Notícias

Vereador Luiz Paulo denuncia suposto salários superfaturados dos médicos de Biritiba Mirim

Na última quinta-feira (17) o vereador participou de uma Fiscalização Ordenada junto dos vereadores Emerson e Marcião do Busão em alguns setores da Prefeitura. Nessas fiscalizações os vereadores visitam pastas do Executivo sem aviso prévio para prestar esclarecimentos e solicitar documentos. O vereador aproveitou esta visita para visitar o setor da Saúde, de onde venha pedindo a algum tempo documentos que apresentem a carga horária, nome e local de atendimentos de todos os médicos da nossa cidade.

Até o dia dessa fiscalização esses documentos não haviam sido entregues a esse vereador e durante a visita foi solicitado a Secretária Virgínia que apresentasse o ponto dos médicos.

Para surpresa do vereador Luiz, NENHUM dos médicos cumpria com as suas respectivas cargas horárias segundo o vereador:

“E pasmem, recebiam PLANTÕES EXTRAS.” 

Temos casos de médicos que cumpriram apenas 1/3 do seu trabalho e receberam o seu salário integral e plantões extras.

Casos de médicos não cumpriram com a sua carga horário e receberam O DOBRO do seu salário. Diz o vereador.

Quando questionado a Secretária de Saúde sobre esses valores, ela teria informado o vereador que eles medem o pagamento por “produtividade”. ISSO NÃO PODE ACONTECER segundo o vereador!

Se estivéssemos falando de um Ajudante Geral, Gari ou Escriturário da Prefeitura, e o mesmo deixasse de trabalhar 1 hora da sua carga horário, eles teriam esse valor descontado do seu salário. Imagina se trabalhasse apenas 1/3?? A pessoa ficaria miserável o próximo mês inteiro? Questiona Luiz.

Questionou novamente a Secretária sobre esses valores e ela teria informado que os médicos consideram os salários “baixos”!

Se eles não concordam com o que a Prefeitura pode pagar, que peçam exoneração e deixem o cargo disponível para quem quer trabalhar, o que não pode acontecer é a Secretaria de Saúde SUPERFATURAR o salários desses médicos e aceitar que trabalhem menos do que a sua carga horário exige e ainda paguem plantões extras para eles!

Já foi solicitado que o Presidente convoque a Secretária de Saúde para prestar esclarecimentos e irá solicitar que seja instaurada uma Comissão Especial para que seja investigado essas supostas irregularidades nos pagamentos dos médicos.

Patrocínio
banner image