fbpx

Presidente da EBC destaca união do setor para viabilizar a TV 3.0 e ampliar acesso à tecnologia

Durante a apresentação do governo federal sobre a TV 3.0 nesta quarta-feira (3), o presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Jean Lima, enfatizou a importância da colaboração entre os diversos setores para impulsionar a evolução da TV Digital e alcançar toda a população brasileira. O evento, organizado pelo Fórum Brasileiro de TV Digital, revelou inovações que a nova tecnologia trará aos telespectadores.
Presidente da EBC destaca união do setor para viabilizar a TV 3.0 e ampliar acesso à tecnologia
Presidente da EBC destaca união do setor para viabilizar a TV 3.0 e ampliar acesso à tecnologia

“É crucial garantir a presença de todos os canais abertos na TV 3.0, incluindo os canais públicos ou estatais. Afinal, 70% da população brasileira se informa por meio desse veículo de comunicação. Para isso, é necessário o investimento conjunto do Estado brasileiro, dos poderes Executivo, Judiciário e Legislativo”, ressaltou Jean Lima.

Os dados apresentados, provenientes da pesquisa Kantar Ibope Media, revelaram que os brasileiros assistem, em média, 5 horas e 17 minutos de televisão por dia, sendo que cerca de 80% desse tempo é dedicado à TV linear, seguindo a programação tradicional das emissoras.

O evento contou com a participação dos ministros das Comunicações, Juscelino Filho, e da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República (Secom), Paulo Pimenta, além do presidente do Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital Terrestre (SBTVD), Raymundo Barros. Todos enfatizaram a importância da TV 3.0 como um novo padrão tecnológico para a evolução da TV Digital.

A TV 3.0 trará uma nova experiência para os telespectadores, substituindo a escolha de canais por aplicativos, que oferecerão conteúdo ao vivo ou sob demanda. A interatividade será um dos diferenciais, além da qualidade de imagem, que poderá chegar ao 8K, som imersivo e ferramentas de segurança e acessibilidade.

“Não é necessário acesso à internet para desfrutar da TV 3.0, que continuará sendo gratuita para toda a população brasileira. A interatividade será um benefício adicional para os aparelhos conectados à internet”, explicou o ministro das Comunicações, Juscelino Filho.

Jean Lima destacou que a EBC tem participado ativamente das discussões sobre a adoção das novas tecnologias para a TV 3.0, em parceria com a Secom e o Ministério das Comunicações, buscando garantir a equidade na distribuição dos canais e preservar a liberdade de escolha dos telespectadores.

“A TV 3.0 representa para o setor público a oportunidade de incluir novos atores e democratizar a comunicação”, afirmou.

Durante o evento, o ministro Juscelino Filho assinou duas portarias de consignação à EBC, destinadas à execução de serviços de radiodifusão em frequência modulada (FM) e de som e imagens de TV Digital em diversas cidades e estados brasileiros, com propósitos educativos.

“Já são mais de 100 novos canais que poderão levar educação, ciência e informações precisas às comunidades”, destacou o presidente da EBC.

Desde outubro de 2023, 60 universidades públicas e institutos federais firmaram acordo de cooperação com a EBC, com o objetivo de operar mais de 150 novas emissoras de TV e rádio FM. “Essa expansão também gera empregos, melhora as condições de formação dos nossos profissionais e garante o envolvimento da indústria e do mercado local, além de reforçar o papel da radiodifusão como um dos serviços centrais da comunicação”, ressaltou Jean Lima.

Presidente da EBC destaca união do setor para viabilizar a TV 3.0 e ampliar acesso à tecnologia
Presidente da EBC destaca união do setor para viabilizar a TV 3.0 e ampliar acesso à tecnologia

 

Patrocínio
banner image