fbpx

Lucas Sanches Surge como Alternativa da Direita para Prefeitura de Guarulhos-SP

Lucas Sanches
Lucas Sanches

Um levantamento recente do Instituto Paraná Pesquisas revela que a corrida pela Prefeitura de Guarulhos-SP está ganhando contornos de polarização, com o vereador Lucas Sanches (PL) emergindo como uma alternativa da direita. Com 9,4% das intenções de voto, Sanches se posiciona apenas 1,5 ponto percentual à frente do deputado federal Alencar Santana, representante do PT para as eleições municipais de 2024, que registra 7,9%.

Atualmente, a liderança é ocupada por Elói Pietá, com 28,7% das intenções de voto. Pietá, rejeitado pelo PT, está enfrentando dificuldades para consolidar sua candidatura sem uma nova legenda. Outros nomes significativos na pesquisa incluem o deputado estadual Jorge Wilson, conhecido como Xerife do Consumidor, com 20,4%, e o vereador Fausto Martello (PDT), com 10,1% da preferência dos eleitores. Brancos e nulos totalizam 10,1%, enquanto 4,6% dos entrevistados não souberam opinar.

O destaque para Lucas Sanches não se limita às intenções de voto; sua baixa taxa de rejeição, de apenas 11,3%, sugere um potencial considerável de crescimento. Em contraste, Elói Pietá é o mais rejeitado, com 35,6%, seguido por Martello (25,4%) e Santana (20,4%).

Para as eleições de outubro, Sanches conta com o apoio total do PL, partido do ex-presidente Jair Bolsonaro, além de buscar o respaldo do governador de São Paulo, Tarcísio Gomes de Freitas (Republicanos).

O próprio Sanches interpreta os resultados como uma validação do cenário de polarização entre PT e PL, ressaltando que os guarulhenses rejeitam experiências passadas com governos de esquerda.

A pesquisa também revelou que 48% da população rejeita o atual governo de Gustavo Henrique Costa, conhecido como Guti, enquanto 65% aprovam a gestão de Tarcísio no Palácio dos Bandeirantes.

O levantamento, conduzido presencialmente com 800 eleitores entre 15 e 20 de fevereiro, tem uma margem de erro de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos, com um grau de confiança de 95%. O estudo está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o nº SP 01826/2024.

Patrocínio
banner image